FALE CONOSCO
Formulário Online
E-mail
Telefone
(64)3431-5026
Endereço
Rua Rui de Almeida, nº 630 - Centro
Itumbiara - GO
CEP: 75.526-050
©2013. Todos os direitos reservados.

2ª Reunião GT SIG Rio Paranaíba

25 de julho de 2018 - Goiânia – GO

Bonita pra Tetéu

Autor: Antônio Luis da Silva Santos

Cachoeira do Rio Claro

Autor: Flávia Scupino

Tranquilidade

Autor: Dilma Couto Oliveira

NOTÍCIA » CTI se reune pela primeira vez

02/04/2018 às 12:10

A Câmara Técnica de Integração deu início aos seus trabalho na cidade de Uberlândia-MG nesta quarta-feira, dia 28 de março. A Câmara Técnica tem como atribuições: integrar e articular as ações dos Estados de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e do Distrito Federal; implementar, de forma integrada, junto aos comitês de rios afluentes, as ações do CBH Paranaíba; propor normativos ao CBH Paranaíba e aos comitês estaduais visando a implementação dos instrumentos de gestão.

A reunião contou com as presenças do representante da ANA - Agência Nacional de Águas, Márcio de Freitas; da conselheira do CBH Afluentes Mineiros do Baixo Paranaíba (PN3), Maria Pedrosa; da Presidente do CBH Afluentes Goianos do Baixo Paranaíba, Hornella Urzedo; do Secretário do CBH Corumbá, Veríssimo e porção Goiana do rio São Marcos, Ivan Bispo; do Presidente do CBH Santana Aporé, Paulo Sérgio Gomes; da Presidente do CBH Meia Ponte, Elaine Lopes Farinelli; do Vice-Presidente do CBH Araguari, Bruno Gonçalves e; da representante do Instituto Mineiro de Gestão das Águas, Jeane Maia. 

Leonardo Sampaio Costa, representando a Diretoria do CBH Paranaíba, fez a abertura oficial dos trabalhos e conduziu a eleição do Coordenador da nova Câmara. Por meio de uma votação os membros da CTI elegeram a representante do CBH Afluentes Goianos do Baixo Paranaíba, Hornella Urzedo. 

Durante a primeira reunião da CTI foi definido o calendário de atividades para o ano de 2018. A próxima reunião ocorrerá no dia 19 de junho, na cidade de Itumbiara. Foi definido, ainda, que as reuniões acontecerão com periodicidade trimestral. 

O primeiro tema tratado foram os Planos de Ações de Recursos Hídricos (PARHs), o representante da Diretoria, solicitou aos Comitês que se apropriem dos PARHs para seus Planos de Bacia. Ponto de vista também corroborado pelo Diretor Presidente da ABHA, Sérgio Leal. De acordo com o Diretor Presidente, os PARHs constituem uma importante diretriz para os comitês de rios afluentes, capazes de nortear as decisões e auxiliar no planejamento de ações de cada comitê. 

Como sugestão de encaminhamento, o representante da ANA, Márcio de Freitas, sugeriu como ponto de partida que cada um dos comitês tragam para a CTI seus anseios em relação a atualização ou revisão dos respectivos PARHs. O CBH Paranaíba enviará aos comitês de rios afluentes um ofício oferencendo o apoio e suporte aos Comitês para revisão dos PARHs.

O tema seguinte abordado pela CTI foi a agência de águas para atender a toda a bacia do rio Paranaíba, a chamada agência única. Uma agência única tem o objetivo de promover a sustentabilidade da agência e a integração de ações na bacia. Como encaminhamento do tema, foi pactuado que os membros da CTI falem aos seus Comitês sobre as vantagens da agência única quando da discussão da cobrança pelo uso de recursos hídricos. 

Fonte: Assessoria De Comunicação CBH Paranaíba