0800 039 4269
Atendimento aos Usuários de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do
Rio Paranaíba
FALE CONOSCO
Formulário Online
E-mail
Telefone
(64)3431-5026
Endereço
Rua Rui de Almeida, nº 630 - Centro
Itumbiara - GO
CEP: 75.526-050
©2013. Todos os direitos reservados.

Bonita pra Tetéu

Autor: Antônio Luis da Silva Santos

Cachoeira do Rio Claro

Autor: Flávia Scupino

Tranquilidade

Autor: Dilma Couto Oliveira

48ª Reunião da CTPI

04 e 05 de outubro - Goiânia - GO

NOTÍCIA » Confira tudo que aconteceu no primeiro dia do XX Encob

21/08/2018 às 18:12

 

 

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba desembarcou, nesta segunda-feira (20), na capital catarinense para o evento anual mais importante para os comitês de bacia: o ENCOB. Em sua vigésima edição, o Encontro é o ambiente ideal para a capacitação, a troca de conhecimento e a integração entre todos os entes do Sistema de Gerenciamento de Recursos Hídricos, em especial, os comitês de bacia.

Para 2018, o Encontro tem o tema “O futuro da água: desafios dos comitês na terceira década da política nacional de recursos hídricos”. Este tema traz uma inovação em relação aos anos anteriores e é fundamental para a discussão de novas propostas, comportamentos e práticas na gestão de recursos hídricos no Brasil. 

O primeiro dia de atividades foi dedicado à promoção do conhecimento para a gestão e a inovação nos comitês de bacia. Os participantes puderam participar de oficinas de temas variados como: enquadramento dos corpos de água; planejamento de águas subterrâneas; comunicação; pagamento por serviços ambientais e o instrumento da cobrança; os embaixadores da água e; o Programa Nacional de Revitalização de Bacias Hidrográficas.

O membro do CBH Paranaíba e representante do segmento Sociedade Civil, Antônio Eustáquio “Tonhão”, que participa do Encob há quase 10 anos, celebrou as inovações do conteúdo que ocorreram este ano, mas ponderou sobre o caminho de evolução que os participantes esperam do evento. “É necessário inverter as posições dos comitês e dos órgãos gestores presentes. É preciso que o comitê fale, coloque o seu ponto de vista, para que os órgãos gestores escutem e tenham condições de contribuir ainda mais”, ponderou Tonhão.

 

“O Encob 2018 foi construído de uma maneira muito interessante, trazendo aplicações práticas em todos os eixos temáticos abordados. Tudo isso nos oferece grandes ideias para enfrentarmos os problemas que ocorrem no estado de Goiás e na bacia do rio Paranaíba.” João Ricardo Raiser, membro da CTPI do CBH Paranaíba.

 

PROGRAMA NACIONAL DE RECUPERAÇÃO DE BACIAS

O membro da CTPI – Câmara Técnica de Planejamento Institucional do CBH Paranaíba, João Ricardo Raiser, participou da oficina com o objetivo de construir as bases para o Programa Nacional de Revitalização de Bacias Hidrográficas, conduzida pelo Coordenador Geral de Departamento de Revitalização de Bacias Hidrográficas e Acesso à Água da Secretaria de Recursos Hídricos e qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Henrique Pinheiro Veiga.

De acordo com João Ricardo, durante a oficina foram apresentadas as linhas gerais do Programa, abordagens técnicas sobre a infiltração da água no solo e, além disso, a oficina colheu as contribuições dos comitês de bacia para a construção do Programa.  

 

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS

Luiz Humberto de Freitas Souza, representante do setor de abastecimento, participou da oficina de Planejamento e Controle de Águas Subterrâneas e garantiu que trata-se de um assunto sobre o qual o CBH Paranaíba e os demais comitês da bacia deverão estar atentos nos próximos anos. “Cidades da nossa bacia como Araguari, no PN2, já tem seu abastecimento todo realizado a partir de águas subterrâneas e, para mim, conhecer experiências de monitoramento é fundamental para iniciarmos a gestão e o planejamento do uso dessas águas”, afirmou Luiz Humberto.

 

SEMINÁRIO ÁGUA, COMUNICAÇÃO E SOCIEDADE

Com o objetivo de conhecer mais sobre um tema novo, o membro do CBH Paranaíba, representante do setor de Turismo, Wilson de Azevedo Filho, participou do seminário promovido pela Agência Nacional de Águas e tema recorrente em diversas edições do Encob: Água, Comunicação e Sociedade.

Para Wilson de Azevedo, o seminário o despertou para a relevância da comunicação nos comitês de bacia e, principalmente, sua contribuição para que a sociedade tenha conhecimento sobre a Política Nacional de Recursos Hídricos.

 

O seminário foi conduzido por André Tamura, Diretor Executivo da WeGov; Aline Fonseca, Assessora Chefe de Mídias Sociais da Secretaria de Comunicação da MPF; Daniela Cardim Gama, Analista da ANA e; Pedro Elias Freitas, Analista de Business Intelligence da Monumenta Comunicação e Estratégias Sociais.

 

CBH PARANAÍBA E OS ÓRGÃOS GESTORES ESTADUAIS

Durante o primeiro dia do XX Encob, a Diretoria do CBH Paranaíba se reuniu com os representantes dos órgãos gestores de recursos hídricos dos Estados e com os representantes da Agência Nacional de Águas: Humberto Gonçalves, Volney Zanardi Júnior e Márcio de Freitas. O Estado de Goiás foi representado pelo Superintendente de Recursos Hídricos da Secima, Diogo Segatti; Marília Melo, Diretora do Instituto Mineiro de Gestão das Águas; o Gerente de Recursos Hídricos do Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul, Leonardo Sampaio; e o Presidente da ADASA – DF, Paulo Salles.

O objetivo da reunião foi articular, junto aos órgãos gestores e a ANA, o novo formato do Programa de Fortalecimento dos Comitês de rios afluentes ao Paranaíba. Os órgãos gestores estaduais se reunirão com os comitês de rios afluentes ao Paranaíba e definirão os principais objetivos para a gestão de recursos hídricos por sub-bacias, de acordo com as necessidades de cada comitê de Bacia. A partir deste levantamento, serão construídas soluções específicas voltadas para a operacionalização dos objetivos.

Os órgãos gestores se reunirão novamente com a Diretoria do CBH Paranaíba no dia 10 de setembro para a elaboração do documento com os objetivos gerais para a bacia do Paranaíba e que será encaminhado à Agência Nacional de Águas.

 “O fortalecimento dos comitês de bacia significa o fortalecimento da Política Nacional de Recursos Hídricos. Este ambiente do Encob onde temos órgãos gestores e comitês, favorece a capacitação, a troca de experiências e a sinergia entre os objetivos em ambas as esferas. Nos estandes conhecemos novas tecnologias de medições fluviométricas, estações meteorológicas e outras novidades que nos ajudam a planejar e gerir nossas águas.” Diogo Segatti, Superintendente de Recursos Hídricos da SECIMA e membro do CBH Paranaíba.

ABERTURA OFICIAL DO XX ENCOB

Fechando o primeiro dia de atividades do Encob, aconteceu no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira a abertura oficial do XX Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas.

A abertura contou com as presenças do Coordenador do Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (FNCH), Hideraldo Buch; Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Santa Catarina, Adenilso Biasus, representando o Governador; Diretora presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Christianne Dias; Secretário de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente,  Jair Vieira Tannús Júnior; Prefeito Municipal de Florianópolis, Gean Loureiro; Presidente da Rede de Organismos de Bacias Hidrográficas, Lupercio Ziroldo Antonio; Coordenador do Fórum Catarinense de Comitês de Bacias Hidrográficas, Ricardo Marcelo de Menezes;  Coordenador do Fórum Sergipano de Comitês de Bacias Hidrográficas e Coordenador Adjunto do Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, Luiz Carlos Souza Silva; e 2ª Coordenadora Adjunta do Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, Patrice Juliana Barzan.

Fonte: Assessoria De Comunicação CBH Paranaíba